Análise Dermatológica: Melhores Cremes com Colágeno

Revisão médica: Dra. Martina Tröbinger Especialista em Dermatologia Cirúrgica, Medicina a Laser e Dermatologia Estética. – LINKEDIN  – Hospital Dermatologikum Zürich Wallisellenstrasse 301, 8050 Zürich

Escolhemos dermatologistas de países diferentes daqueles que revisam, já que os visitantes médicos acabam influenciando nas recomendações dos dermatologistas para que promovam seus produtos, sendo de outro país, seu julgamento de valor não é afetado, pois os mesmos visitantes médicos não sabem que recomendam sem a pressão das marcas que lhes pagam.

Investigamos, testamos, revisamos e recomendamos de forma independente os melhores produtos. Os profissionais de saúde revisam os artigos para verificar a precisão médica. Saiba mais sobre nosso processo. Se você comprar algo através dos nossos links, podemos ganhar uma comissão em alguns casos através da Amazon.

O colágeno é a proteína mais abundante em nosso corpo, constituindo 75% da pele, e garantindo que nossa derme seja forte, flexível e tersa.

Nosso corpo produz naturalmente, mas à medida que envelhecemos, a produção desta começa a diminuir progressivamente, e como resultado, começam a aparecer rugas e flacidez.

Por isso, é recomendável suprir essa perda de colágeno com um aporte externo dessa proteína, que consiga estimular sua produção e assim reduzir a aparição de rugas e melhorar a textura geral da pele.

Muitos cremes afirmam “repor a proteína” ou “aumentar sua produção” na pele, mas algumas dessas afirmações de marketing podem ser enganosas.

Com o objetivo de ajudar você a escolher o melhor produto para tratar problemas como rugas, linhas finas ou pele flácida, neste artigo vamos analisar o INCI (lista de ingredientes) dos cremes com colágeno mais populares e bem avaliados do mercado.

Este é uma análise completa, onde cada ingrediente da fórmula é explicado um por um, decifrando assim que benefícios ou malefícios o creme pode trazer com o tempo.

Cada ingrediente está explicado apenas uma vez, então se já o analisei em outro produto, deixarei o link que te leva ao artigo para que você possa ler. Mas como sei que nem todo mundo está interessado nos ingredientes, após a análise faço um resumo onde dou minha avaliação sobre o que gosto e não gosto do creme.

Nesta entrada aparece a análise completa das três melhores opções, mas para não se estender muito, coloquei um resumo dos demais cremes.

E ao finalizar a análise você pode encontrar uma explicação detalhada sobre a função do colágeno no cuidado da pele, se realmente os cremes com colágeno funcionam, e como aumentar a produção natural de colágeno.

Para ajudar um pouco a compreender as listas de ingredientes, adicionei uma cor a cada um deles, cujo significado você encontrará na legenda de cada imagem do produto, assim estou certa de que com apenas um olhar podemos ver a qualidade do creme.

Por outro lado, se você tiver dúvidas sobre algum ativo, você pode clicar sobre ele para obter mais informações.

Vamos começar!

 

Problemas Dermatológicos da Pele por Ingredientes Cosméticos

Algo importante a nível dermatológico, deixo-vos um gráfico que indica os 10 maiores fabricantes de cosméticos com substâncias hormonais ativas, o que significa que podem provocar: tumores em órgãos hormônio-dependentes, danos ao sistema reprodutor masculino, danos ao sistema reprodutor feminino, alterações no desenvolvimento do sistema neurológico, doenças metabólicas, distúrbios do sistema neuroimunológico.

Neste artigo podem ler aprofundadamente: https://libresdecontaminanteshormonales.wordpress.com/que-son-los-alteradores-hormonales/

fabricantes de cosméticos com problemas hormonais ativos em suas fabricações

Além disso, devemos ter em mente que se deve tentar evitar o efeito negativo em nossa pele dos ingredientes nocivos contidos em alguns cosméticos.

Para terem uma ideia do que digo, a comissão reguladora de saúde europeia estipula uma quantidade máxima dos ingredientes que podem ser nocivos para a pele, o problema é que essas proporções SÃO REGULADAS APENAS EM CADA PRODUTO NÃO NO CONJUNTO DE VÁRIOS PRODUTOS.

O problema vem do que chamamos o “efeito combinado ou efeito coquetel” dos conservantes, como quase todos os cosméticos comerciais têm que conter muitos conservantes em suas formulações para durar mais de 4-6 anos fechados, isso faz com que, quando aplicamos um sérum (ou creme hidratante), um anti-rugas e um contorno de olhos; no final, nossa pele está absorvendo produtos químicos, silicones, conservantes e álcoois dos 3 produtos ao mesmo tempo, não apenas de um, como é regulamentado.

Já se perguntaram por que a cada dia há mais pessoas com problemas de pele à medida que envelhecem? Pois em parte, além da alimentação, isso também é causado pelo efeito combinado mencionado anteriormente.

Por isso recomendamos o uso de cosméticos com prazo de validade fechado, é difícil de encontrar, nós levamos bastante tempo procurando, mas cuidado com o marketing de orgânicos ou veganos, cruelty-free etc., o importante é analisar o INCI (lista de ingredientes) que muitos cremes orgânicos parecem bons mas simplesmente não são. Assim como se deve ter cuidado com a comida, aos poucos as pessoas deveriam ser conscientizadas sobre o cuidado com o que se põe na pele.

Em um estudo realizado na Alemanha pelo BUND, veja o estudo Ver estudo, foram analisados 62.559 produtos de cosméticos, dos quais 18.542 (cerca de 30%) continham substâncias químicas hormonalmente ativas.

Dados surpreendentes de líderes de mercado como Nivea ou L’Oréal com 45% e 46% de produtos contendo este tipo de ingredientes. Destes ingredientes químicos nocivos, o mais encontrado foi o metilparabeno (conservante) presente em 24% de todos os produtos, embora poucos produtos ainda contenham essas substâncias, continuamos com o problema derivado dos altos níveis de conservantes e o efeito combinado nos mesmos, mas com outros diferentes e em altas proporções.

Efeito Coquetel dos Conservantes na Derme a longo prazo

Estudos de biomonitoramento humano mostram que cada ser humano tem uma variedade de produtos químicos no corpo. Nessas pesquisas – realizadas, por exemplo, pela Comissão Europeia ou pela Agência Federal Alemã do Meio Ambiente – analisam-se os efeitos destas substâncias nocivas sobre o ser humano.

Esses estudos mostram que essas substâncias hormonalmente ativas, apesar de terem um efeito mínimo, quase imperceptível sozinhas, combinadas com outras substâncias também hormonalmente ativas têm um efeito multiplicador e muito prejudicial, a este efeito multiplicador é conhecido como “efeito coquetel”. Em cosméticos, portanto, podem ocorrer efeitos de combinação.

Lembre-se de que o verdadeiro efeito negativo aparece quando na nossa rotina diária combinamos diversos produtos todos os dias continuamente com um alto nível de conservantes e/ou ingredientes com problemas comprovados em altas proporções.

No entanto, na avaliação de riscos atual da União Europeia, esses efeitos combinados não são levados em consideração e só são dados valores-limite para cada ingrediente individualmente.

A Melhor – Creme Hidratante Noite com Colágeno + AH + Elastina da Nezeni Cosmetics

Você pode comprar este produto na Amazon ou no site da Nezeni (onde tem um preço um pouco mais baixo).

O creme Hidratante Noite da Nezeni Cosmetics é o que mais gostamos dentre todos.

Transforma visivelmente a pele em muito pouco tempo deixando-a hidratada, mais firme e elástica, e continua melhorando sua aparência e estrutura com o passar do tempo.

Talvez você não tenha uma fonte da juventude eterna, mas este creme é o mais próximo que você pode ter. Em questão de semanas, seu colágeno vegetal preenche e reduz as rugas para que a pele pareça e se sinta mais jovem.

Além disso, se no seu caso tem pele seca ou sensível, a marca também conta com outro hidratante noturno, onde também o colágeno é o protagonista e que pode ser comprado como o resto dos produtos da Nezeni, de forma exclusiva, através da loja online.

Você pode completar sua rotina facial incluindo as opções hidratantes diurnas que, da mesma forma, também encontrará na loja online. Neste caso, o grande protagonista é o Aloe vera.

Este produto conta com outros benefícios que gostaria de incluir:

  • É hipoalergênico e não oclusivo.
  • Evita que a pele desidrate e a protege de agentes externos.
  • Favorece a flexibilidade e garante que nossa tez mantenha os níveis de água adequados.
  • Melhora a produção de colágeno.
  • Faz com que a pele fique muito mais macia.
  • Sua textura é leve e muito agradável.
  • Tem uma quantidade de 50 ml, que rende bastante.
  • E além disso… encontraremos no site da Nezeni a um preço excelente, um verdadeiro luxo se considerarmos sua relação custo-benefício!.

O que você quer hidratar? Você não encontrará um hidratante melhor. Tensionar o contorno facial? Feito, seus ingredientes melhoram a estrutura da epiderme para que pareça jovem novamente. Preocupado com as rugas? Elas começarão a se reduzir graças a todos os ativos antirrugas da fórmula.

Quer saber quais são? Vamos analisá-los.

Creme Hidratante Noite Colágeno 30+ da Nezeni Cosmetics INCI

INCI Creme Hidratante Noite com Colágeno da Nezeni Cosmetics

Como vocês podem verificar por si mesmos, este produto tem uma formulação impecável que se concentra em reafirmar, preencher e suavizar a pele, aumentando sua elasticidade e hidratação. E uma pele com essas características é um verdadeiro luxo, especialmente se estamos falando de uma tez madura.

Além de incluir ácido hialurônico ou colágeno vegetal em alta proporção, está cheio de outros ativos funcionais que complementam os benefícios estruturais.

Também conta com antioxidantes, importantes para proteger as células da oxidação e dos radicais livres. E muitos emolientes e agentes umectantes para deixar a pele completamente hidratada e suavizada, como o Hydrogenated Ethylhexyl Olivate e o Hydrogenated Olive Oil Unsaponifiables

Se você optar pela opção hidratante para Peles Secas e Sensíveis à Noite, os agentes umectantes se adaptam a esse tipo de pele e, nesta ocasião, verá ativos como o Óleo de Gergelim, com ação hidratante, melhora a flexibilidade e condiciona a pele, entre outros.

Mas o que mais gostamos no creme de colágeno da Nezeni é o que ele não tem. Não encontramos nenhuma substância que possa causar dano à nossa pele, não possui parabenos, álcool, sulfatos e seu nível de conservantes é muito baixo como vemos em sua data de validade fechado de 2 anos.

Isso é importante, pois evita a acumulação de conservantes prejudiciais, e do efeito combinado que têm ao longo do tempo, o que pode levar a problemas de saúde e de pele.

Sua relação custo-benefício é excelente, e a embalagem, com cânula, é muito útil para evitar que os ativos se contaminem com nossos dedos.

Você pode usá-lo em conjunto com o restante dos produtos que a marca oferece, pois o tratamento completo ajudará você a ter uma rotina facial nota 10.

Pro-Collagen Marine Cream da Elemis

ELEMIS Creme Pro-Collagen Marine

Você pode comprar este produto na Amazon

Um creme com uma enorme capacidade hidratante que se encarregará de deter os sinais do envelhecimento, ao mesmo tempo em que reafirma a pele. Ideal para tratar a derme seca e sensível ou com danos visíveis.

A marca destaca que nos testes realizados em sua produção, o uso contínuo da loção oferecia resultados muito bons em termos de redução de rugas e linhas de expressão já nas duas semanas.

É verdade que o efeito lifting é notado de forma progressiva graças à sua riqueza em colágeno e ao seu impacto sobre ele em nossa pele.

Vamos analisar todos os seus ingredientes para realmente conhecer o que este produto nos oferecerá:

ELEMIS Creme Pro-Collagen Marine INCI

Os ingredientes estrela são, sem dúvida, as algas marinhas Padina Pavonica, absolutos de Rosa e Mimosa, e Ginkgo Biloba lipossomal, responsáveis por fornecer os resultados que o creme promete oferecer.

Além disso, é através delas que fornece o colágeno marinho,, sendo que neste caso é extraído de origem vegetal. Graças a esses ingredientes e à sua contribuição, conseguiremos que a derme se torne muito mais elástica, suave, nutrida e flexível.

Apesar de todos os ativos que vemos na formulação, é verdade que contém algumas substâncias pouco recomendadas, como o phenoxyethanol, o disodium EDTA e algum outro, portanto não é totalmente maravilhosa, embora possamos dizer que é um creme bastante bom.

O bom é que, apesar de contar com a presença de perfume, no final da lista podemos ver que usa vários extratos e óleos aromáticos, o que é um bom sinal, no entanto, o ideal seria que, graças a isso, não contivesse perfume.

Creme Vichy Liftactiv Collagen Specialist

Liftactiv Collagen Specialist da Vichy

Você pode comprar este produto na Amazon

É um creme adequado para ser usado em todos os tipos de pele, embora seja muito mais recomendado para peles mais secas e normais, pois contém vários ingredientes hidratantes que podem ser um pouco pesados para peles mais oleosas.

É uma loção ideal para estimular a produção natural de colágeno graças à presença de alguns ingredientes ativos muito bons como o Resveratrol.

Mas além disso, também podemos observar algum antioxidante, ideal para proteger a pele e evitar a degradação de proteínas e moléculas devido aos danosos radicais livres, então não só afetará o aumento de colágeno em nosso organismo, mas também evitará que diminua prematuramente.

A marca refere-se a ela como um creme adequado para uso durante o dia e a noite,, o que permitiria incorporá-la a ambas as rotinas diárias.

Apesar dos ativos maravilhosos, podemos ver em seu INCI algumas siliconas, polímeros e conservantes que não são muito bons para a pele, portanto é fundamental que prestemos atenção na sua formulação completa:

INCI do Vichy Liftactiv Collagen Specialist


Depois de ver a lista completa de ingredientes, podemos supor que se trata de um produto não muito completo, já que os ativos mais destacados da fórmula estão na parte média/baixa, tendo assim uma concentração muito baixa para os resultados que promete.

O mais importante de todos, o Resveratrol está em uma concentração média, então não podemos esperar grandes resultados da parte deste ativo.

Contém substâncias hidratantes que o que conseguirão será aumentar a nutrição da pele mas não muito mais, pelo que penso que fica curta quanto a resultados, em comparação com outras cremes desta lista.

A embalagem é bonita e também é de vidro, no entanto não acredito que seja a opção mais segura, já que a formulação corre o risco de contaminação e oxidação constantemente, assim como a maioria das loções que analisei aqui.

A textura é fluida e é absorvida instantaneamente, portanto acredito que seja o aspecto que mais gosto. No entanto, o cheiro que tem é demasiado forte a alcaçuz, coisa que pode chegar a incomodar com o tempo.

Creme de dia Ativos Anti-idade Colágeno +35 da L’Oreal

Dermo Expertise Tratamiento Depannage Colageno da L'Oreal Paris

Você pode comprar este produto na Amazon[/strong>

O creme com colágeno da L’Oreal é uma aposta assegurada para qualquer comprador, ou seja, podem colocar os ingredientes que quiserem em sua formulação, pois vão continuar vendendo e não porque são bons, mas porque a fama fez com que as pessoas confiem cegamente nela.

Mas o que os usuários não sabem, é que estão aplicando uma quantidade brutal de ingredientes muito pouco recomendáveis, e até prejudiciais a longo prazo. Esse é o caso de parabenos, conservantes, irritantes, alérgenos, tóxicos ou sensibilizadores.

O colágeno está presente em uma quantidade muito baixa, e mal há mais ativos, pelo que o creme faz mais mal do que bem.

L'Oreal Paris Dermo Expertise Tratamiento Dépannage Colágeno INCI

A enorme quantidade de siliconas com que conta este creme faz com que a loção ofereça à pele uma sensação de suavidade temporária que irá desaparecendo com o passar das horas, portanto, não podemos dizer que seja um resultado autêntico.

Conta com a presença de dois tipos de colágeno muito interessantes, o atelocolágeno e colágeno solúvel, no entanto, pouco vão conseguir com a concentração que têm, fazendo com que sua presença não sirva para muito na hora de oferecer resultados.

Já viram que conta com muitos ativos irritantes, por isso definitivamente não é a melhor opção para tratar a pele, independentemente do tipo que seja.

A textura é fluida, embora à primeira vista no pote pareça muito espessa, o que é positivo quanto ao toque na pele, resulta agradável.

O cheiro é suave e lembra um aroma cosmético habitual, de forma que não se destaca muito por isso.

Mizon Collagen Power Lifting Cream

Creme de Colágeno Power Lifting da Mizon

Pode comprar este produto na Amazon

Uma loção de marca coreana que assegura aumentar a quantidade de colágeno em nossa derme, adequada para todos os tipos de pele embora pensada principalmente para aquelas pessoas que começam a desenvolver os primeiros sinais de idade.

Sua principal função é reafirmar a pele e fornecer aquele aspecto nutrido e suculento que fará com que nos sintamos mais jovens que nunca. Hidratará em grandes quantidades graças aos umectantes que podemos encontrar em sua formulação.

Alguns dos ingredientes ativos que vale mencionar são o colágeno hidrolisado, que penetra com muito mais facilidade que outros formatos desta molécula, um combo de péptidos, o ácido hialurônico que será ideal para hidratar profundamente e a centella asiática que oferecerá calma, suavidade e nutrição à derme.

Como veem, parece ser um luxo, no entanto, não podemos deixar passar a presença de siliconas, polímeros sintéticos e conservantes tóxicos. O ideal é que deem uma olhada no INCI completo:

INCI do Creme de Colágeno Power Lifting da Mizon


Esta crema poderia ser muito boa se reestruturassem a posição dos ingredientes, já que conta com ativos muito bons, no entanto, a concentração destes é tão baixa que é uma pena perder todas essas propriedades.

Realmente não acredito que seja a pior da lista, mas também não é uma boa opção, vejo-a mais como um hidratante básico.

Não gosto que tenha vários ingredientes pouco adequados para tratar a pele (todos os que veem em amarelo e vermelho) e, principalmente, que estes se encontram entre os primeiros lugares.

A textura é a mais peculiar de toda a lista, já que podemos observar que se trata de uma textura tipo creme/gel, é agradável e bastante refrescante.

Absorve-se instantaneamente e deixa sensações muito boas na pele.

Seu cheiro lembra a maçã, é frutado e suave, o que faz que seja encantador na hora de aplicá-lo na pele.

O que é o colágeno?

É, depois da água, a substância mais abundante em nossos corpos e é um componente fundamental para a pele, os tendões e os ossos.

É uma proteína dura, insolúvel e fibrosa composta pelos aminoácidos glicina, prolina, hidroxiprolina e arginina.

É um componente importante da pele, que se encontra no fundo da derme. Constitui até 30% da proteína do nosso corpo e 75% da proteína da nossa pele.

O colágeno pode ser endógeno (o natural, sintetizado pelo corpo) ou exógeno (sintético, proveniente de uma fonte externa, como os suplementos).

O endógeno é secretado por várias células, mas principalmente pelas células do tecido conectivo. Trata-se de uma intrincada rede de macromoléculas (uma macromolécula é uma molécula que contém um grande número de átomos) que se encontra na matriz extracelular.

O exógeno é utilizado com fins médicos e cosméticos, incluindo a reparação de tecidos corporais.

Qual é a sua função?

A palavra colágeno vem de dois termos gregos: kolla que significa “cola” e gen que significa “produzir”. Faz sentido que este tenha propriedades similares às da cola, considerando o papel que desempenha na biologia: é a substância que mantém unido o corpo.

Na derme, ou a camada média da pele, esta proteína ajuda a formar uma rede fibrosa de células chamadas fibroblastos, sobre as quais podem crescer novas células.

Este tipo de tecido conectivo ajuda a que outras estruturas se “colem” entre si. É como um andaime que fornece força, estrutura e suporte, que dá elasticidade e preenchimento à pele.

Também desempenha um papel importante na substituição e na restauração de células mortas da pele. E alguns destes atuam como coberturas protetoras para órgãos delicados do corpo, como os rins.

Por que diminui a produção de colágeno?

O envelhecimento provoca o afinamento das três camadas da pele: a epiderme, a derme e a hipoderme. A camada superior da pele, a epiderme, fornece uma barreira impermeável e protege o corpo dos danos externos.

Esta camada cobre a derme, que contém tecido conectivo, folículos pilosos, glândulas sudoríparas e colágeno. Abaixo da derme encontra-se a hipoderme, uma camada de tecido subcutâneo composta por células adiposas (gorduras) e tecido conectivo.

O afinamento destas camadas é acompanhado por uma diminuição do colágeno e da integridade estrutural da pele. Formam-se rugas e a cartilagem da articulação enfraquece.

A produção deste diminui aproximadamente 1% com cada ano de idade depois da maturidade (por volta dos 21 anos), o que leva a uma perda de firmeza e elasticidade da derme.

A quantidade de perda de colágeno que experimentamos pode variar de acordo com a genética e os fatores ambientais; embora na menopausa as mulheres experimentem uma redução drástica na síntese deste, por isso as rugas são muito mais pronunciadas nessa etapa.

Além da idade, há outros fatores que causam a perda de colágeno, como:

  • Fumar: A combinação de químicos do fumo do tabaco danifica o colágeno e a elastina. A nicotina também restringe os vasos sanguíneos, comprometendo o fornecimento de oxigênio e nutrientes à pele.
  • Um alto consumo de açúcar: Tem-se demonstrado que o açúcar aumenta a taxa de produtos finais de glicação avançada (AGE) que danificam as proteínas próximas, enfraquecendo o colágeno e tornando-o seco e quebradiço.
  • Exposição ao sol: Os raios UV danificam esta proteína que se encontra na derme, causando sua decomposição, e criam fibras de elastina anormais que o reconstruem incorretamente, produzindo rugas
  • Transtornos autoimunes: Há certos transtornos autoimunes que podem fazer com que os anticorpos se dirijam a esta proteína.

Resumindo, nosso estilo de vida pode provocar que o nível de colágeno que nosso corpo produz se esgote, acelerando os sinais do envelhecimento.

Assim que, enquanto todos esses hábitos prejudiciais reduzem a elasticidade da pele, o uso de produtos com essa substância pode ajudar a reconstruí-la.

Ao utilizá-los, se estimula a síntese da produção de proteína nova e, como resultado, se minimiza a aparição de rugas profundas e linhas finas.

Soa bem, mas é verdade? A aplicação tópica realmente funciona?

Apesar de ser um ingrediente muito popular na dermocosmética, há muitos mal-entendidos sobre o que é este como ingrediente cosmético e o que pode fazer pela pele.

Para deixar claro, vou fazer uma breve explicação dos tipos de colágeno e as diferentes formas que adota.

colágeno pele

Tipos de colágeno

Como mencionei, é uma proteína (o que significa que está composta de longas cadeias de aminoácidos), é rico em dois aminoácidos em particular: prolina e hidroxiprolina.

A estrutura deste é bastante complicada: Os aminoácidos unem-se para formar longas cadeias denominadas péptidos. Os péptidos formam cadeias ainda mais longas chamadas polipéptidos.

Quando três polipéptidos se unem, forma-se o pró-colágeno, que se converte em tropocolágeno, uma única fibra deste. Um grupo de fibras de tropocolágeno agrupa-se para formar fibrilhas. E várias fibrilhas formam uma macro-fibra.

Dependendo de quais aminoácidos se unem, e como se organizam estas subestruturas, podem gerar-se até 28 tipos diferentes de colágeno; embora entre 80 e 90 por cento deles pertençam aos tipos 1, 2 e 3.

Na maioria dos casos, os Tipos I e III agrupam-se. Isso acontece porque estes dois tipos de colágeno são os mais abundantes e têm funções similares. De fato, juntos constituem mais de 90% da proteína total do corpo.

Estes dois tipos são componentes chave na manutenção da pele, unhas, ossos, cabelo e músculos.

Os tipos I e III de colágeno são produzidos por osteoblastos e fibroblastos, que são células localizadas em nossos tecidos conectivos e células que criam ossos respectivamente.

  • Tipo I: Pode ser encontrado em todo o corpo, exceto nos tecidos cartilaginosos, por isso é o mais frequente no corpo. É chave para repor a pele e, consequentemente, ajudar a reverter o envelhecimento. Ensaio clínicos em pacientes que se complementaram com tipo I mostraram uma maior hidratação e firmeza da pele, assim como uma diminuição das rugas.
  • Tipo II: É um pouco mais especializado. É o componente principal da cartilagem, e como tal, é extremamente benéfico para a saúde da cartilagem.
  • Tipo III: Pode ser encontrado nas nossas paredes arteriais, na medula óssea, assim como em outros órgãos ocos. Geralmente se encontra junto com o tipo I no corpo.
  • Tipo VII: É crucial para a integridade da pele apesar de estar presente em quantidades muito baixas (cerca de 0,001% do colágeno total). O VII atua como uma âncora entre as camadas da união dermo-epidérmica.

Embora haja 18 aminoácidos no colágeno, são em particular 4 deles chave que se encontram dentro dos tipos I e III que ajudam a manter nossos corpos saudáveis e a sentir-nos bem.

Dois deles são os aminoácidos essenciais glicina e prolina. A glicina é um aminoácido integral com muitas funções importantes no corpo. É importante para bloquear a endotoxina (um composto que ativa as sinalizações inflamatórias e pode levar a níveis baixos de tireoide).

A prolina é especialmente importante para a estimulação da síntese desta proteína, assim como para atuar como antioxidante e prevenir o dano celular causado pelos radicais livres.

O colágeno tipo I e III também inclui outros dois aminoácidos importantes: a glutamina, que ajuda a prevenir a inflamação intestinal, e a arginina, que pode ajudar a sintetizar a creatina para aumentar o rendimento atlético.

Formas de colágeno

Por si isso não fosse o suficientemente confuso, além dos diferentes tipos, também existem diferentes formas de cada tipo de dita substância.

  • Colágeno solúvel

Comecemos com o solúvel. Lembra do processo de criação do colágeno? Se o extrais no início desse processo quando não está completamente formado, obtém-se substância solúvel.

Acredita-se que este penetra melhor na pele. Esta forma é utilizada em cosméticos, mas não tão frequentemente como o terceiro tipo ao qual chegaremos.

  • Colágeno nativo

Depois está o nativo, composto por grandes cadeias de aminoácidos em triplo hélice. Esta é essencialmente a versão madura e completamente formada. Não é solúvel. Tem um peso molecular muito alto e é uma molécula muito grande.

  • Colágeno hidrolisado

O hidrolisado, que é a forma mais utilizada em cosmética. É criado pegando colágeno maduro e cortando-o quimicamente em pedaços diminutos, para que se absorva melhor, alcançando até as camadas mais profundas da pele.

  • Colágeno vegetal

Trata-se do colágeno mais efetivo de todos, já que conseguirá ser mais afinado à pele e, portanto, aportar uma hidratação muito mais real e segura. Também é ideal para preservar a natureza e o meio ambiente, já que é muito mais sustentável que o resto. 

Formas de ajudar a produzir colágeno

A produção de colágeno será mais efetiva se além de aplicar ingredientes de forma tópica, incluímos na nossa dieta alimentos que, da mesma maneira, fomentam a produção de colágeno.

Estes ingredientes são:

  • Cítricos, pimentões vermelhos, manga, verduras de folha verde, couves de Bruxelas, brócolis e morangos, ricos em vitamina C que, como vimos, podem aumentar os níveis de colágeno e ácido hialurônico no corpo.
  • Cenouras, que contêm betacaroteno, um poderoso antioxidante que ajuda a contrariar o dano celular.
  • Coentro, que contém vitamina C e ácido linoleico, um poderoso fator anti-idade para a pele. O ácido linoleico contém antioxidantes que combatem os radicais livres na corrente sanguínea, que decompõem as células saudáveis da pele.
  • Algas, capazes de prevenira oxidação da pele, que causa a perda de elasticidade e colágeno. As algas estão disponíveis na maioria das lojas de alimentos saudáveis em forma de suplementos orais.

Se você quer reduzir a perda de colágeno, tente não tomar sol sem proteção, pare de fumar e comece a comer de maneira mais saudável, eliminando os açúcares adicionados.

Em resumo, está claro que o papel do colágeno no cuidado da pele é importante, tanto do ponto de vista funcional quanto estético.

O processo normal de envelhecimento causa uma diminuição na produção de colágeno da pele, dando lugar a uma série de problemas estéticos, incluindo linhas finas, rugas e pele flácida.

Apesar das afirmações de marketing, essa substância aplicada de forma tópica não pode conseguir os resultados que desejas em termos de anti-envelhecimento e de melhoria na firmeza e elasticidade da pele.

Ainda assim, é possível fazer algo para fomentar a produção de colágeno por parte do nosso corpo, como incorporar ingredientes estimulantes tanto na forma de cosmético, como na dieta.